10 setembro 2012


Foi em um dia,em que minhas memórias começaram a me tirar a calma,eu então
comecei a conhecer a quem nunca tinha conversado antes…
As palavras vieram como se elas tivessem um determinado lugar a se abrigarem…talvez ao coração…
Mas naquele instante não havia percebido isso,e depois de não muitas palavras,logo já tinha arrancado sem muitos esforços sorrisos espontâneos de mim…
Foi onde comecei a ver que ele tinha algo especial,algo que me deichava pensativa e com sorrisos bobos…
Ao decorrer de não muito tempo…Fomos nos conhecendo, e descobrindo que nossa chatisse talvez fossem iguais…
Vi seu sorriso por foto,da qual hoje faz parte das minhas manhãs,onde posso te olhar  antes de ir viver..
Em seus olhos vejo os meus  sentimentos e me pergunto de como pode a existência deles?
E então,olho para seu sorriso e vejo a resposta,me calo,e começo a sorrir…Novamente como uma boba.
Talvez ser boba não seja tão ruim assim,e me sentir idiota também não…
Muitas vezes  vou ao seu encontro,te abraço e  te beijo…
Tudo isso me parecia real,até que acordei e vi que era somente um sonho,e me senti vazia diante de tanta saudade…
Mas descobri que quando se sonha,o mundo enteiro pode ser nosso..
E consequentemente as pessoas também,principalmente aquelas que realmente queremos que fossem inteiramente nossa… 
Os sonhos tem um poder muito grande de trazer a pessoa que amamos pra bem pertinho de nós…
                               Ytan Sohnarap.

Nenhum comentário:

Postar um comentário