10 abril 2013

Ato falho


Viu?
Viu o que fazem comigo?
Se não viu,é só reparar nas minhas voltas em frases e palavras desnecessárias,
desse todo e pequeno blog.
As vezes não sei o que digo,as vezes não há o que dizer e tendo momentos,que não sei como dizer.
São poucas palavras,mas aqui,sim,há muitas outras coisas que não sei como dizer...
Meu dizer é falho,me falha memória no momento de registrá-la.
Quando meu acaso me transborda,quando minhas dúvidas me perseguem,quando meu sorriso se
revigora,desde de então,a memória falha.No ato falho de não lembrar,é que deixo momentos importantes
em pensamentos.Não há tempo.Se sente,logo se escreve,se descreve,ou apela por lembranças e por pensamentos.Tudo fica pra trás,tudo passa.Minhas memórias,confusas ou não,me esforço pra que fique registradas pois um dia ao ler,além de lembrar,irei sentir.Me sentir.
                                 Ytan Sohnarap

Nenhum comentário:

Postar um comentário