04 junho 2013

A carta.


Eu ainda estive presente quando você se foi,eu procurei saber como você estava,procurei por informações sobre como você ficou depois do "Tchau,se cuida".
Os dias foram se passando,eu te esqueci.Minhas noites foram sem choros,e sem pensamentos.
Eu me deitava e em um instante dormia.Dormir era meu remédio,meu calmante,minha fórmula do esquecimento.Mas teve dias que eu te procurava,procurava saber de você,sem dores e aflições,só queria saber se você ainda estaria sorrindo.Mesmo quando vi seu sorriso ao lado de um outro alguém fiquei feliz por você.Eu resolvi fazer o mesmo,resolvi viver.Do meu jeito mais torto fui me espetando nos espinhos que a vida tem,mas através dos meus erros fui achando a fórmula certa de um sorriso.Ou talvez não exista fórmula certa para sorrir,desde que aquele sorriso seja sincero e espontâneo.
Eu fui me achando aos poucos,achando pedaços de mim que deixei para trás em busca do que talvez nem me fosse necessário.Eu descobri que solução para a tristeza é o sorriso,descobri também que sorrir sem motivos talvez não seja tão fácil como se escreve,mas se sentir bem é questão de palavras,é questão de querer se sentir bem,é querer sorrir sem depender de alguém a não ser de si mesmo.
Ainda estou só,eu e meus pensamentos.Ainda escuto 'nossa' música.Talvez seja escroto da minha parte,talvez seja até ridículo,mas o que eu senti,não foi falso,por que se fosse não estaria lembrando de você.Lembrar é tão ruim quando algo não deu certo,ou não se saiu do jeito que um dia se sonhou...
Talvez seja mesmo a frase popular "Não era pra ser"...
Mas eu acredito que tudo tem um propósito,talvez um dia eu descubra o por que dos nossos caminhos terem se cruzado...Passei a ir na igreja todos os domingos.Eu pedia para que Deus o abençoasse e lhe protegesse todos os dias.Eu tentei me aproximar de alguém para deixar de lado tudo que vivi.Mas fracassei.Preferi ficar só.Ainda prefiro.Até que em algum dia apareça alguém capaz de me fazer sorrir igual aos meus sorrisos de antes,ou até melhor...
Eu me batizei na igreja,foi um momento em que eu me purifiquei,me renovei e senti algo que antes eu duvidava,mas que hoje não duvido mais.Senti uma felicidade transbordando,que diria ser sem motivos,mas que no fundo eu sei que deve haver uma força maior que me deu paz em um simples sorriso.
Viu?Eu tô me saindo bem sem você,eu tô me virando sem seu sorriso.Apesar de ter me acostumado a me lembrar dele todas as manhãs antes de ir viver.Estou vivendo dia após dia com novas metas,novos sorrisos,novos obstáculos.Mas por fim,vivendo.Viver sempre será para mim uma batalha,na qual,você se fere e sempre fere alguém também...Vence aquele que ter sabedoria,e forças para encarar um outro novo dia...Esteja onde estiver,eu estarei feliz em ver notícias de seu sorriso.Sei que não  mais existirá o "Espere por mim",isso já terminou a um tempo,mas só escrevo isso pois as palavras tem um peso enorme em mim.Então estou aliviando essa sobrecarga de pensamentos e palavras que não se podem mais serem guardadas.Que seu sorriso,seja o motivo do sorriso de alguém...
Enfim,Tchau,se cuida.
                              Ytan Sohnarap

4 comentários:

  1. Oi Naty, tudo bom?
    Como sempre, seu texto está maravilhoso, parabéns!
    Tem post novo e promoção de um Kindle! Vai perder?
    Beijos
    Endless Poem

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada. Pode deixar que eu irei ver lá ^^
      beijos.

      Excluir
  2. Garota você é boa, muito boa. Está de parabéns .

    ResponderExcluir