19 abril 2013

O tempo não pertence à ninguém...


[…]Foi como se aqueles sorrisos viessem antecipados,por saber que seria uma noite feliz,capaz de tirar dos meus lábios sorrizos…
Estar com quem me deixa feliz,me traz a paz que meu espírito precisava.
Só os momentos de sorrisos lembrando o 
 passado e ao mesmo tempo vivendo o futuro com quem amo,isso já seria minha paz.
Amizades verdadeiras,é por elas que deixo minhas lágrimas se manifestarem.
E assim,vão se construindo minhas Memórias Quase Perfeitas.
Sentir falta do que já se passou é um ato cometido por muitos.Mas talvez hoje,cada sorriso pode ser substituído por perdas de algo que nunca se teve.
O tempo não pertence a ninguém,mas somos pertencentes ao tempo.
E então nasce um sorriso,ao rosto de quem não vê motivos a sorrir.
Talvez seja ingratidão,ou apenas um vazio diante de tanta solidão,é oque a faz ficar inquiéta…
Só o tempo irá revelar oque nem ao menos podemos imaginar.
O tempo não pertence a ninguém…
                                   Ytan Sohnarap

Nenhum comentário:

Postar um comentário